segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Vivo num país de mentecaptos...




É verdade. Por vezes ainda me iludo e penso que isto terá uma solução, que deve ser dos tempos difíceis mas não, este é mesmo um país de mentecaptos, pior, mentecaptos com tempo de antena...
Ontem, gastaram-se horas de emissão televisiva a discutir o  atraso do início do jogo do FCP. Todos os noticiários, programas desportivos, jornais, rádios, sites abordaram o assunto. Foram ouvidos especialistas em direito desportivo, semi especialistas em desporto e pseudo especialistas em futebol. Todos tinham uma opinião, uma tese sobre o assunto. Todos abordaram a gravidade do acontecimento e a possibilidade de o FCP ser afastado da Taça Lucílio Baptista. Quero começar por dizer que não vi o jogo, desisti de ver o FCP enquanto aquele ignóbil do Paulo Fonseca estiver sentado no banco, é demasiado doloroso...Também quero sublinhar o facto de eu ter torcido para o Porto perder para ver se esse morcego é despedido de uma vez. ("foi uma vitória à Porto" grande cabrão, desde quando é que ganhar ao Marítimo ao minuto 93 é uma vitória à Porto!!!). Quando vi a notícia pensei que seria algo grave. Tive até o cuidado de puxar o jogo atrás para ver se as equipas do Marítimo e de arbitragem estiveram no meio campo à espera do FCP, mas não entraram as 3 equipas em campo juntas. Foi quando constatei que o atraso que todos referiam como um crime gravíssimo, era de 3 minutos!!! Não 30, não 20, nem sequer 5. Três minutos!!! Os mesmos três minutos que qualquer guarda redes ganha se decidir deitar-se para o chão e queixar-se do apêndice que retirou quando era criança. A segunda parte do jogo começou com uma diferença de 45 segundos para o jogo dos lagartos, esses que vivem sob a sina do azar mas insistem em culpar os outros pelas suas derrotas. 
Gastaram-se horas de emissão, assunto aliás que vai continuar na ordem do dia porque convém aos média bater no FCP, por causa de 3 minutos!!! Fosse esse atraso para os lados da luz e sairia apenas uma nota de rodapé a dizer que o Bruno de Carvalho é louco, e que o mundo é que estava adiantado 3 minutos.
É certo que os portistas são seres muito inteligentes, em alguns casos, sobredotados até, mas achar que atrasamos o jogo 3 minutos para chegar ao minuto 87 a perder por 1-2, esperando que o Sporting já estivesse no minuto 90, para depois dar a volta ao resultado com um penalti (limpinho, limpinho) ao minuto 93 é coisa que nem o Professor Mambo preveria... Ora meus senhores, ide  mas é catar tomates...





3 comentários:

Inês E. disse...

É triste, muito triste, quando se abre um telejornal com esse atraso. Não há nada mais importante?

Sílvia disse...

O Jorge Gabriel comentou e comentou bem, gosto muito de o ouvir, é justo e isento... Disse que se o sporting (e ele é sportinguista) marcasse mais golos passavam eles e mais nada, tão simples quanto isto. Nada de justificações e conversas da treta.

O presidente do sportem tem é que começar a beber água que lhe faz melhor à voz!!!!

Gado Amarrado disse...

Mas sabes, são sempre essas mer*** que acabam a motivar a malta e ajuda a superar. Eu já acho que é o Picó que trata de as incentivar. Tipo a malta à volta do autocarro, essas sei que é mesmo ele.