quinta-feira, 24 de abril de 2014

Acerca do jogo de logo á noite

Quero dizer que vai jogar aquele que , para mim, continua a ser o melhor guarda-redes do mundo, o Superman,Gigi Buffon. E ao grande Gigi, só lhe peço que tenha uma noite em grande e que defenda todas!!!








quinta-feira, 17 de abril de 2014

ai Baía, Baía...


continuas a apostar em acessórios de pouca classe. O acessório é o mais importante meu bem, e por acessório não me refiro a mamas... 

Fodeu-se...


uma época um título. Pouco para nós, muito pouco... (sim, a taça Lucílio Baptista continua a não contar...)


quarta-feira, 16 de abril de 2014

é para ganhar, caralho!




Hoje é dia de bola. Hoje o meu Porto joga toda uma época. Não estou habituada a estar nesta posição. Não é comum a um adepto do fêquêpê, com menos de 35 anos, ter de assistir, com tamanho aperto no coração, a um jogo que pode minimizar uma época desastrosa. Não sei como é que os adeptos dos outros clubes aguentam, suponho que se habituem a perder, como nós nos habituamos a ganhar. Talvez seja isso... A nós, portistas, custa mais a aceitar. Não é que não saibamos perder, e não aceitemos a vitória dos outros de cabeça erguida, luzes acesas e rega desligada. Mas, a sensação que fica é a de que não foram os outros que ganharam, fomos nós que perdemos. Nós não perdemos porque os nossos adversários têm uma super equipa e estão a jogar futebol de primeira linha, nós perdemos porque este ano não jogamos a ponta de um corno. E é a fúria por ter essa consciência que queima cá dentro. Não é tanto pela derrota na Liga, é só uma questão de anos (poucos) até sermos o clube com mais campeonatos, não é tanto pela eliminação precoce da Liga dos Campeões, ou pela derrota pesada que nos afastou da Liga Europa. O que chateia mesmo é saber que este ano não fomos os melhores porque não demos o nosso máximo. E carago, esses não somos nós. 
Apesar do mau momento que nos assiste, ( e que jornais apregoam como cataclismo, e enchem páginas de ocas teorias e presságios, publicitassem eles assim as nossas vitórias...) estou confiante para o jogo de logo. Acho mesmo que vamos arrumar com os lampiões mais uma vez, porque isto de fazer dobradinhas, não é para quem quer, é para quem sabe... Esta é a verdadeira diferença entre um adepto de um grande clube e o de um clube grande. Mesmo em baixo de forma eu acredito sempre na minha equipa (ok, confesso que na era Paulo Fonseca fraquejei) porque as nossas vitórias não são fruto da nossa sorte, ou do azar dos outros, mas do saber, e esse ainda lá está...

Relativamente ao clube que este ano se vai sagrar campeão nacional, apenas dois reparos: 
1. sim, é muito possível que esta vitória tenha sido um milagre conseguido pelo Eusébio, mas não é o suficiente para o canonizar, poupem-nos por isso de correntes, manifestos, movimentos, a pedir a beatificação do homem. Já nos chega os lagartos a dizer basta e a pedir esmolas de 50 euros.
2.  Jesus vai sagrar-se campeão no dia de Páscoa. É a verdadeira ressurreição de Jesus, após a crucificação no Dragão da época passada. You gotta love the irony...


quarta-feira, 9 de abril de 2014

A parte mais difícil de existir é a de coexistir




 É ponto assente que, como humanos que somos, precisamos do outro. Precisamos do contacto, da palavra, do toque, do carinho, da chamada de atenção, do berro, até da descompustura. É a nossa rede social que nos constrói. Somos o resultado de todos aqueles que passaram pela nossa vida, de forma mais ou menos permanente. Mas, se a coexistência é tão vital porque é que é tão difícil? Porque é que é nas relações humanas que nós mais falhamos? Porque é que é na comunicação com alguém que fala a nossa língua que nós mais nos desentendemos??


Acerca do Mundial, ou da Copa...

Parece que já temos hino de apoio á selecção!!!!


E perante isto, não sei se ria ou se chore!!

terça-feira, 8 de abril de 2014

bem que podiam enfiar o vosso pessimismo num sítio que eu cá sei...



Vivemos três anos na merda. Chafurdamos na lama, fomos para lá do fim do poço. Foram três anos terríveis, cinzentos, medonhos. Ameaçaram-nos com o papão e nós, meninos bem comportados, fizemos tudo o que nos mandaram, cumprimos à regra com todas as regras. Portamo-nos bem e os nossos tutores têm-nos passado a mão na cabeça e feito rasgados elogios. Nos meios de comunicação social estrangeiros somos heróis, um caso de sucesso e superação. Nos nossos meios de comunicação somos uns desgraçados que morremos na praia.
Estamos cansados, saturados. Dobramos outra vez o cabo das Tormentas e, embora a tempestade ainda não tenha acabado saberia bem, provar o doce travo da vitória. Mas não, neste país não se comemoram os feitos, celebram-se as desgraças. Neste país, cheio de velhos do Restelo e gente triste, as vitórias são minimizadas e a tragédia ampliada. Neste país, e em nome da má política, escrevem-se as glórias a letra minúscula e sublinham-se a negrito as desgraças. Vivemos num constante delay, onde o passado é sempre melhor que o presente e o futuro. E o passado, lá no passado, quando este ainda era presente, era igualmente mau, péssimo. Seria bom, por uma vez que fosse,  saborearmos as nossas conquistas no agora e não daqui a quinhentos anos. Deixem-nos ficar um bocadinho orgulhosos pelo trabalho que fizemos. Deixem-se de merdas e politiquices e enalteçam a vontade deste povo, a resiliência, o espírito de sacrifício. Deixem de dar tempo de antena a velhos decrépitos que acham que os militares deveriam fazer um golpe de Estado, a políticos ressabiados que torcem para que tudo dê errado só para terem razão, a ex ministros que ajudaram a cavar o buraco onde nos enfiaram e, sem o mínimo de vergonha na cara, acham-se no direito de criticar. Apre gentinha...Custa muito deixar o povo ser feliz, nem que seja só por um bocadinho, custa???


sexo a três??? easy...


... com o tapete do amor...


Algum marroquino in the house que arranje um tapete destes mais em conta???

segunda-feira, 7 de abril de 2014

coisas que me "alturpasam"...



smile :)

tumblr_n2s6rob2xH1rhry8jo1_1280

tumblr_n2s6rob2xH1rhry8jo2_1280

tumblr_n2s6rob2xH1rhry8jo3_1280

tumblr_n2oieqcjgG1rhry8jo5_1280

tumblr_n2oieqcjgG1rhry8jo2_1280

O projecto chama-se Emoji Nation e é da autoria de uma ucraniana de seu nome Nastya Nudnik, e o que ela fez, de forma genialmente criativa, foi combinar obras de arte com emoticons que usamos na comunicação diária. Uma nova forma de ver Dosso Dossi, Caravaggio,  Provost, Hopper entre outros...

" I think art's main duty is to "push the button" in people’s consciousness and release something hidden deeply in their hearts and minds. Art is made for inducing catharsis and it should be done by all means."
Nastya Nudnik


quinta-feira, 3 de abril de 2014

momentos absolutamente mundanos que me assolam aqui e ali...



O que é a verdade? Quantas verdades existem? Verdade e realidade são a mesma coisa?
Tomemos como exemplo uma mulher adulta:
Usa saltos para parecer mais alta.
Usa maquilhagem para disfarçar as primeiras rugas.
Pinta o cabelo para cobrir as brancas.
Refugia-se na ilusão das spanx.
Abusa dos push up.
Molda o corpo a bisturi se necessário.
Sorri para o colega imbecil e incompetente mas sonha apertar-lhe o pescoço.
Ouve educadamente a cusca da vizinha e imagina o que dirá nas suas costas.
Encara com humor o assédio dos homens, mesmo os ordinários, abafando a vontade de gritar um sonoro "vai pó caralho seu porco de merda".
Sobrevaloriza uma paixão com medo de ficar sozinha.
Relativiza o que tem, desespera pelo que não conseguiu.

Seremos nós um conjunto de mentiras? Será a realidade que maquilhamos menos verdadeira? Onde acaba a verdade e começa a mentira? Nunca acreditas em alguém que diz que nunca mente. Todos mentimos. Em última análise vivemos uma mentira. E vai daí e o que é a verdade?






quarta-feira, 2 de abril de 2014

Wet, hot and steamy....


Aqui está uma situação em que a chuva não me dá neura, muito pelo contrário, deixa-me muito animada...
Estas imagens são da equipa Neo-Zelandeza, os All Blacks, que após terem vencido o Torneio Hong Kong Sevens, fez o seu ritual do Haka debaixo de uma chuva torrencial e com todos eles descamisados!!!







Isto provoca muita humidade...
se quiserem ver melhor espreitem aqui

sobre aquele arrufo do José Rodrigues dos Santos vs Sócrates ainda posso dizer alguma coisa, posso??


George Orwell by Intlectual Brejeiro...

terça-feira, 1 de abril de 2014

Ainda acerca do dia de hoje...




Acerca do dia de hoje!!

Hoje é o 1º de Abril, dia das mentiras. 
Portanto é o dia de estar com pé atrás com tudo e todos, é o dia de confiar desconfiando e não cair na primeira balela que nos espetam, ou seja , é um dia normal como todos os outros...

 " Everybody lies!!"

emptiness...


não tenho a pretensão de que todas as pessoas do mundo que gosto, gostem de mim, nem que eu faça a falta que elas me fazem. o importante para mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível, e que esse momento será inesquecível.

Fernando Pessoa