quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Post comemorativo II

Como já aqui foi referido pela Mona, hoje faz um ano que nasceu a ideia do nosso blogue, e o que nasceu de uma piada, uma brincadeira entre Monas, tornou-se hoje, passados quase 6 meses de ter visto a luz do dia, algo de muito importante na minha vida. Já é uma rotina escrever aqui, já é parte do meu dia, como tantas outras coisas que se faz em automático sem pensar sequer, tanto que na semana passada tive um problema com o meu PC que não me permitiu postar diariamente, o que me provocou algum desânimo e levou mesmo a que Miss S me contactasse com alguma preocupação pois achava estranho eu não dar sinal de vida no Blogue. Este blogue com apenas meio ano de vida já me trouxe uma imensidão de coisas boas, experiências memoráveis e até pessoas que hoje em dia são amigos queridos e com grande importância na minha vida, tais como este aqui e também esta, que apesar da distância estão sempre próximos. Por tudo isto e também porque tenho a certeza que irei continuar a ter um imenso prazer a escrever aqui diariamente, e certamente o blogue ainda me trará novas experiências, digo que tivemos uma grande ideia, naquela viagem a Lisboa!!


E neste post comemorativo, aproveito para mostrar uma foto, com a devida autorização do interveniente, que é de meu querido amigo Eduardo que tem este blogue maravilhoso e comovente e eu como estou em dívida com ele aqui fica a foto e a homenagem!


7 comentários:

Miss S disse...

Acho que o Edu merecia constar da rubrica "para aquecer a alma e não só..."....

Eduardo Hürst disse...

huummmmm.....

Miss S disse...

Edu, isse huummmm quer dizer que concordas comigo?

Eduardo Hürst disse...

ahhh.. vc acha que merecia? Será?
;)

Miss S disse...

Claro que merecia! Vá disponibiliza uma fotos tuas para postar aqui na rubrica dedicada aos bonzões que lá é que é o teu lugar. ;)

Eduardo Hürst disse...

Querida minha! Meu João me mata se mostrar o que só ele vê! Não pode.. Fiquem no imaginário, ok?
bjs...
;)

Miss S disse...

Ok, aceito mas não compreendo. Olhar não tira pedaço e a beleza existe para ser admirada. Toda a beleza deve ser considerada património da humanidade, seja a beleza de uma pintura, de uma paisagem, de uma composição musical ou de um ser humano. ;)