sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Triste fado o nosso...

Nós somos mesmo um país de macambúzios. Em plena silly season, quando todo o país está a meia velocidade, e no parlamento se trabalha ainda menos do que é costume, o tema político eleito pela nossa comunicação social, além do já desgastante tema Relvas e a sua pseudo licenciatura, é o habitual e recorrente passeio do Cavaco em calções e sandalete pela praia da Coelha e do Passos a ir ao mercado local comprar o peixe para depois, no recato da sua casa alugada, amanhá-lo enquanto prepara as brasas. Não nos bastava toda a negatividade que, a malfadada crise, fez abater sobre as nossas cabeças como, numa época de notícias light, temos de levar com estas figuras, a fazer figuras...  E, enquanto nós nos entretemos com as pernas em forma de estacas do Cavaco, com as compras do Passos ou com a falta de inteligência (e integridade) do Relvas, os nossos irmãos do lado de lá do Atlântico discutem temas bem mais interessantes, como o caso de Denise Leitão Rocha:




                                        (porra que a gaja é mesmo saradona...)

Esta assessora  do senador Ciro Nogueira (seu familiar por sinal, nisso são bem parecidos connosco...), disponibilizou, ou disponibilizaram por ela, um vídeo bem caliente com um polícia, que muito tem animado as sessões do Congresso Nacional. A estratégia de promoção não é inovadora, já foi utilizada em muitas outras mulheres (Paris Hilton, Kim Kardashian, Carolina Dieckmann) e com resultados surpreendentes. Esta curta da Denise, além de promover a personagem, ainda conseguiu a proeza de abrilhantar a política brasileira, aproximando-a da população que, por sua vez, se mostra cada vez mais interessada... Não fossem os brasileiros brilhantes em marketing...

(Eu, que não me contento com as canetas do Cavaco, aguardo ansiosamente a versão masculina desta promoção..)

2 comentários:

Eduardo Hürst disse...

Com esses peitos de bexiga inflada, e a cara de resgatada do meretrício, só podia se prestar ao papel que fêz. E qdo ocorre isso por aqui, já sabemos o que virá: fotos em revista de nudez, Big Brother, e todo o nojo que envolve tipos assim.
ÉCA.
Gostosa mas ordinária! :D

Miss S disse...

Edu, acho que era mesmo isso que ela queria, um passe para esse mundo de fama de sargeta. Mas,apesar de ter um ar ordinário sempre é mais agradável que o nosso presidente em calções...