segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Regresso à normalidade, ou não...

 
 
 Ontem a minha sobrinha apareceu-me em casa em pijama, os pais tiveram de ir com o irmão para o hospital e ela ia dormir comigo. Depois de sabermos o diagnóstico do pileca - uma gastrite, e que ia passar a noite no hospital a soro, lá conseguimos adormecer (aproveito para deixar aqui um rasto de baba é que, o meu afilhado rocks: portou-se lindamente e, mesmo coagido, sob a ameaça de uma "pica", pelo médico para mudar para o slb (eca - cuspir para o chão), foi firme ao dizer que é do FCP e os seus jogadores preferidos são o Hulk, o Lucho e o primo do Lucho (que é o Álvaro Pereira e não, não faço ideia porque é que ele acha que são parentes)). Hoje, ao acordar senti umas tonturas, pensei que seria um traumatismo craniano, resultado dos pontapés que, durante a noite, levei na cabeça é que, a raça da rapariga, lembrou-se de dormir atravessada na cabeceira da cama!!! Mas não, aparentemente a gastrite pega-se e, não só eu como a M., tínhamos sido contaminadas. Assim, e para me despedir de vez das férias, nada melhor que passar o dia de cama, a dormir, sem poder comer nada (pode ser que assim abata os 2kg ganhos indevidamente nas férias)...
 
 

4 comentários:

Man Poison disse...

Podes sempre deixar que os outros comam por ti, ou a ti.

Miss S disse...

Hum... comer por mim tudo bem, desde que não biquem do meu prato... a mim, não estou nas melhores condições mas, ei! tudo pela a irradicação da fome no planeta...

Man Poison disse...

Também não gosto muito de partilhar, mas normalmente repito varias vezes.

Man Poison disse...

já a mim podem bicar a vontade