domingo, 22 de julho de 2012

Ai, fodasse... II

Nas madrugadas de estrelas tão pálidas que, se você piscasse os olhos, de repente não estavam mais lá. — Caio Fernando Abreu.


"E o amor, o amor, cara.
O que eu faço com isso?"

Caio Fernando Abreu

1 comentário:

A. Mike disse...

Foooda-se!Foooda-se!